Debora Gurgel

by Debora Gurgel

/
  • Streaming + Download

    Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.

      $5 USD  or more

     

  • Compact Disc (CD) + Digital Album

    This is the physical album, a Digipak with the complete booklet.

    It will be shipped from São Paulo - Brazil, through International Priority Mail, and may take from 3 to 20 business days to arrive, depending on your country.
    If you would like express shipping, you can contact us and get a quote.

    Includes unlimited streaming of Debora Gurgel via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.
    ships out within 1 day

      $10 USD or more 

     

  • Comprar CD físico no Brasil (R$ 20)

1.
06:00
2.
07:35
3.
4.
5.
06:58
6.
06:32
7.
8.
06:04
9.
05:28
10.
03:26

credits

released December 12, 2011

arranjos, concepção e produção musical | Debora Gurgel
gravado ao vivo por Thiago ‘Big’ Rabello e Rodrigo ‘Funai’ Costa no NaCena Studios entre 5 e 8 de outubro de 2011.
assistentes | Henrique Khoury e Tiago Pardal Assolini
afinação do piano | Elias Rodrigues
roadies | Kazuo Sugo e Nata Sakaki

mixado por Rodrigo ‘Funai’ Costa na OCA - Casa de Som, entre 1 e 21 de outubro de 2011.
masterizado por UE Nastasi no Sterling Sound, NY em 25 de outubro de 2011.

projeto gráfico e fotografia | Da Pá Virada - Dani Gurgel
fotografia Dani Gurgel | Luiz Otavio Pupo
produção executiva | Dani Gurgel e Luiza Gurgel
alimentação | Isabel Cristina Ferreira

participação de Dani Gurgel gentilmente autorizada pela Borandá.
Thiago ‘Big’ Rabello usa baterias Pearl.
Daniel D’Alcântara usa Trompete Vincent Bach “Artisan” Modelo AB190 (Conn-Selmer).
Vitor Alcântara usa palhetas RICO.
Cuca Teixeira usa Gretsch, Sabian, Evans e Pro Mark.

Shows, videos, partituras: www.deboragurgel.com.br

tags

license

all rights reserved

about

Debora Gurgel São Paulo, Brazil

shows

contact / help

Contact Debora Gurgel

Streaming and
Download help

Redeem code

Track Name: Despedida
Diga que valeu
Não diga que esqueceu
Só diga que ficou no ar

Diga sem parar
Não diga sem pensar
Só diga se é verdade e aconteceu

Diga sem saber
Não diga sem valer
Só diga o que puder falar

Diga sem olhar pra trás
Diga sem repensar
Diga o que desejar
Sem dó

Que não viu
Que não foi
Que não deve saber

Cite um poema
Cante um tema
Dê uma flor

Pra dizer sem falar
Que não pode voltar
Diga o que for
Que eu não vou ouvir
Track Name: Encrenca
Nem bem chegou
Já vem dizer que assim não é
Corta o barato e mete a mão e o pé
Se o sapato tá apertado e a casa caiu
Não quero ouvir
Me deixa fora que esse pato não é meu
Não vou pagar

Pintou, bordou
E deu pra ver que não rolou
Esquiva esperta e dá no pé sem dó
— Que a Paulista tá parada,
papai já ligou, totó comeu...
Aperta o cinto que a madame fugiu... fundiu

Se eu me atrevo a dizer o que acho
E boto na roda
Entorto na prosa
Rapelo e entro com fé
Pode pegar mal

Sorte a dela
Que sabe tão tudo e dá pulo no mundo
Nem se liga em volta e gira em si

Quero ver quem tenta
Entrar nessa encrenca sem queimar
Se essa treta esquenta
Basta pisar torto pra dançar

Quero ver quem tenta
Botar o pé na treta sem rodar
Nessa encrenca
Se tiver na reta vai sobrar